International flight

terça-feira, 31 de março de 2015

~ the beginning

Como forma de retribuir toda a ajuda e apoio que encontrei em blogs deste género e fóruns dedicados ao tema (em breve devo adicionar sites de referência aqui ao blog), que serviram para tirar dúvidas e responder a mil e uma perguntas que se vão formando ao longo deste processo todo (e também pelos motivos já mencionados no primeiro post), decidi criar este blog I'm just gonna grab this depois de ter passado várias fases do processo de selecção de uma das melhores companhias aéreas do mundo (yey I'm so proud of myself)!

A aventura começou quando, no final do ano passado, preenchi uma candidatura online / espontânea no site da companhia aérea. Como isto sempre foi um desafio que gostava de tentar enfrentar decidi fazê-lo só por curiosidade; para ver no que dava. Sempre tive "o bichinho" de querer ser assistente de bordo: adoro viajar e conhecer novas culturas, cruzar-me com pessoas de backgrounds diferentes e saber as histórias de cada um - ou não tivesse eu seguido jornalismo. Aliás, tenho fitas da minha pasta de estudante a fazer referência a este meu plano C mas isso nunca foi realmente O sonho a seguir... até agora!


Assim, ainda sem convite para um assessment day (AD), dia em que o processo de recrutamento tem início e que geralmente é a seguir ao open day (OD), o qual se trata de um dia aberto a toda a gente que se queira candidatar com ou sem invitation, recebi a confirmação da minha candidatura online.

Um email automático que, não querendo dizer nada, já nos dá aquele "baque" no coração aquando recebido. Agora só restava esperar mas estava dado o primeiro baby step em direcção a esta aventura. Next step: OD (meaning: next post)!

terça-feira, 24 de março de 2015

~ welcome

Para aqueles que ainda não me conhecem: sou a Qel, o meu home country é Portugal e já há alguns anos que me vejo nesta vida dos blogues. Sendo de Letras, tenho esta enorme necessidade de passar para o papel tudo o que para aqui dentro vai. A escrita é, assim, minha companheira desde que me lembro e serve-me como uma espécie de terapia, o meu recurso para exorcizar sentimentos. Aliás, costumo dizer que há quem fale pelos cotovelos e que, no meu caso, eu escrevo pelos ombros.

Também costumava dizer que morava na lua e que estava sempre em casa (a fancy way of saying que estou sempre na lua porque não conheço pessoa mais aluada do que eu) mas a verdade é que isso pode estar prestes a mudar (a parte do viver na lua para passar a viver entre as nuvens, above the sky).

Nunca vivi sozinha, quanto mais fora, pelo que esta será com certeza A aventura da minha vida e este blogue o meu diário de bordo. Aqui, com um estilo bem diferente do que o que adoptei para o meu blogue pessoal (não tenciono pensar muito naquilo que aqui escrever ou na linguagem, pontuação, etc, etc), pretendo relatar os meus receios mas também as maravilhas com as quais espero vir a deparar-me. Pretendo partilhar esta nova e entusiasmante experiência que poderei estar prestes a viver que é ser assistente de bordo numa das melhores companhias aéreas do mundo, baseada no Dubai (sem dizer nomes acho que já chegaram lá).

Sinceramente ainda não sei como cheguei até aqui - conto criar em breve um post sobre todo o processo de recrutamento e as diferentes fases detalhadas pelas quais passei a fim de conseguir estar cada vez mais próxima do céu, que não mais se adivinha o limite.

No entanto, sinto-me uma sacana sortuda: no final ficamos uns 6 de uns 100(!!!) candidatos e isto é algo a partir do qual sempre considerei fazer carreira e que se está a tornar cada vez mais (sur)real.

A par disto, surgem todas as minhas inseguranças como, por exemplo, o facto de não ser a native English speaker / writer e de não ter inglês como disciplina há muitos anos (desde o ensino básico, acho) - neste momento tenho 23 anos e estou no segundo ano de mestrado - e nunca andei em nenhum instituto de línguas ou algo do género. Além disto tenho plena consciência que há pessoas que se esforçam muito mais e com muito mais aptidão para conquistarem aquilo que tenho vindo a conquistar e que me levou apenas uma tentativa a mais do que esta (e que, por isso, talvez tenha que lutar mais um bocadinho na nova vida que se aproxima).

Maaaas, de qualquer maneira, serve isto para dizer que, se quisermos e acreditarmos muito, conseguimos mesmo alcançar os nossos sonhos - I feel like I'm floating on cloud 9 right now! :)

Espero que este meu cantinho sirva também como passaporte para os que de vocês, meus "passageiros", sonharem em seguir o mesmo caminho que eu tenho vindo a traçar e que, de alguma forma, vos divirta (a vocês e a todos aqueles que aqui vierem parar por acaso).

Bem-vindos a bordo do Once Upon a Sky!

PS-I'm sorry for those who might read this and do not understand portuguese. Although I know it's not quite the same (it has many errors) you have this reading option by passing the mouse over the google translation icon here on the blog. Enjoy!